Tel. Geral Tel. Consulta

Dia Mundial da Higienização das Mãos ganha destaque durante pandemia

A higienização correta das mãos pode parecer um gesto simples, mas que potencializa a prevenção e controle de inúmeras infecções. O assunto ganhou destaque em tempos de pandemia do coronavírus (Covid-19), mas para os profissionais da saúde o cuidado com as mãos sempre foi tratado como prioridade.A higienização correta das mãos pode parecer um gesto simples, mas que potencializa a prevenção e controle de inúmeras infecções. O assunto ganhou destaque em tempos de pandemia do coronavírus (Covid-19), mas para os profissionais da saúde o cuidado com as mãos sempre foi tratado como prioridade.

Celebrado nesta terça-feira (5), o Dia Mundial da Higienização das Mãos merece uma reflexão sobre a mudança de hábitos tão necessária na sociedade. “A prática sempre foi incentivada nas áreas de assistência à saúde, mas com a pandemia a população percebeu a importância de realizar essa ação. A prevenção, literalmente, está em nossas mãos”, é o que afirma Karla Machado, enfermeira e especialista em prevenção e controle de infecção do Hospital Evangélico de Vila Velha.

Em homenagem à data, o hospital publicou em suas redes sociais uma foto da equipe de controle de infecção hospitalar, profissionais fundamentais no enfrentamento à Covid-19. “A conscientização deve ser realizada, principalmente, por meio da informação. A sensibilização das pessoas é um grande desafio para nós. A população tem percebido os riscos à saúde e esse fato aumentou o cuidado com a higienização”, aponta Karla Machado.

A especialista acredita que a mudança de comportamento é algo possível de acontecer. “Certamente os hábitos de higiene das mãos poderão ser aplicados após o fim da pandemia. Desde crianças aprendemos a lavar as mãos, porém essa prática deve ser rotineira”.

Como lavar as mãos?
- De preferência, mantenha as unhas curtas e naturais;
- Retire os adornos (relógios, anéis e pulseiras);
- A higiene deve ser feita com água e sabão ou álcool a 70% - esse último, caso não haja sujidade visível;
- Todas as áreas das mãos devem passar pela limpeza, incluindo palmas, dorso, região entre os dedos, unhas, pontas dos dedos, punhos, entre outros locais;
- O enxágue das mãos deve acontecer da área menos contaminada para a mais contaminada: da ponta dos dedos para os punhos;
- Ao utilizar álcool a 70% não acelere a secagem, evite assoprar ou balançar excessivamente as mãos;
- Caso prefira a higienização com álcool a 70%, lembre-se de não enxaguar ou secar as mãos.

Certificações
  ONA 3 ISO 9001 2015